Como identificar o crime de lavagem de dinheiro em grandes corporações?

Saiba quais são as principais dificuldades e desafios para a identificação do crime de lavagem de dinheiro nas operações financeiras de grandes corporações

Disponibilizado em 10/01/2019


Série Grandes corporações: 02 - Conhecer a empresa e/ou grupo empresarial

 

Por: Airton Areias, Alexandre Botelho e Horciliano Marques

Apesar das dificuldades e entraves mencionados, persistirá sempre a obrigação de assegurar a eficácia das ações de monitoramento, seleção, análise e comunicação das operações e situações atípicas ou suspeitas.

Portanto, é preciso assegurar um elevado nível de conhecimento sobre a empresa e/ou grupo empresarial, o que deverá ser alcançado através de ações estruturadas de Customer Due Diligence (CDD), visando a obtenção de dados abrangentes e confiáveis em relação a:

 

IPLD_Grandes_Corporacoes

 

Composição societária ou acionária, conforme o caso;

Países de localização da sede, filiais e demais empresas integrantes do grupo empresarial;

Qualificação completa de todas as pessoas físicas identificadas como “beneficiárias finais”;

Identificação dos sócios, controladores, administradores e procuradores classificados como PEPs;

Principais atividades desenvolvidas;

Mercados nos quais a empresa ou grupo empresarial atua;

Principais clientes e respectivos países de origem;

Principais fornecedores e respectivos países de origem;

Percentual das receitas derivado de contratos com o setor público; e

Concentração de clientes ou fornecedores.

 

Conheça os Autores

Autor

Airton Areias

Graduado em Administração de Empresas e pós-graduado em Administração Financeira. Atua há mais de 30 anos no mercado financeiro, tendo trabalhado nas áreas de Câmbio, Auditoria Interna e Prevenção à Lavagem de Dinheiro, além de ser certificado pela ACAMS, desde 2008. No IPLD, é membro da Comissão de Certificação.

 

Autor

Alexandre Botelho

Bacharel em Administração de Empresas, com pós-graduação em Finanças, especialização em Banking e MBA em Gestão Financeira e Risco. Possui mais de 20 anos de experiência em instituições de grande porte do setor financeiro.

 

Autor

Horciliano Marques

Superintendente de prevenção à lavagem de dinheiro em uma instituição financeira de grande porte, possui mais de 20 anos de atuação no mercado financeiro e é membro certificado da ACAMS - Association of Certified Anti-Money Laundering Specialist</em > (Associação de Especialistas Certificados em Antilavagem de Dinheiro).