Tipologia de Lavagem de Dinheiro: Dólar Cabo ou Hawala

Tenha acesso ao levantamento feito pelo IPLD sobre as principais tipologias de lavagem de dinheiro

Disponibilizado em 22/10/2018

Este tipo de conduta teve origem há séculos atrás, quando, pela inexistência de bancos, era uma forma eficaz de remessa de valores. Porém, com a criação das instituições financeiras, este método deveria ter caído em desuso, mas não foi o que aconteceu.

 

O dólar cabo pode ocorrer de diferentes formas:

 

1)  Um cliente entrega, em espécie, uma quantidade em reais a um “doleiro” no Brasil, este disponibiliza a quantidade equivalente, convertida em moeda estrangeira, com taxa pré-ajustada, em favor do seu cliente, no exterior;

 

Fluxograma

 

2) O  cliente recebe do “doleiro”, no Brasil, em reais, recursos em moeda estrangeira que mantinha no exterior e que disponibilizou lá fora ao “doleiro”;

 

Fluxograma

 

Este mecanismo não conta com nenhum tipo de registro, sendo realizado por meio da “confiança” entre as partes.

 

Desta forma, o dólar cabo pode ser utilizado para lavar dinheiro e para financiar ações de terrorismo.

 

Conheça alguns exemplos de operações da Polícia que desvendaram o esquema:

 

 Operação Banestado

 

 Operação Curaçao

 

 Operação Lava-Jato

 

 Operação Câmbio, Desligo

 

 Operação Paralelo

 

Assista reportagem da Rede Globo sobre o tema: